Teste sua visão de cores - Laser Ocular ABC
X

Exame on-line

Adicione seu usuário e senha para visualizar seu exame.

Teste sua visão de cores

Teste sua visão de cores

Você identifica o número 74 no interior desse círculo de pontos coloridos?

Não?! Então você, assim como eu, tem um tipo de deficiência para visão de cores, conhecida como daltonismo.

O que é daltonismo?
É uma condição em que certas cores, principalmente o verde e o vermelho são confundidas. A incidência é de aproximadamente 10% na população masculina e de 0,5% na feminina.

É uma deficiência hereditária de transmissão bastante peculiar, homens daltônicos vão transmitir o gene do daltonismo somente para suas filhas, nunca para os filhos (esse gene está sempre no cromossomo X). As filhas não manifestam nunca o daltonismo mas têm uma chance de 50% de transmiti-lo para seus filhos homens. Portanto, homem daltônico só tem possibilidade de ter netos daltônicos se tiver filhas, que serão sempre, e somente, portadoras, e a possibilidade desses netos serem daltônicos será sempre de 50% (lembra-se da genética?).

Conhecido também como "cegueira para as cores" o daltonismo não é tido como uma deficiência física de grande significado apesar de dificultar, e muitas vezes impossibilitar, uma série de atividades profissionais e do dia-a-dia. Apesar de não existir nenhum tratamento, tem se desenvolvido alguns recursos ópticos para facilitar a identificação das cores.

Na retina humana normal existem receptores sensíveis às cores, os cones, que contêm pigmentos seletivos para a cor, verde, vermelha e azul. A deficiência de cores ocorre quando há uma redução na quantidade de um ou mais desses pigmentos.

Um pouco de história:
A inabilidade de discriminar cores foi ignorada até o fim do século 18, e sua existência só foi aceita quando o químico John Dalton descreveu, com explicações cientificas, sua própria dificuldade na visão de cores em 1798.
A partir de sua descoberta foram criados inúmeros testes para detectar a presença do daltonismo, sendo o mais popular o Teste de Ishihara (de onde vem a planilha acima).

Quais as limitações para um daltônico?
Já na idade escolar aparecem as primeiras dificuldades com os desenhos de mapas e identificação dos lápis de cores. Os pais e professores devem estar atentos para essa dificuldade. Infelizmente (para os daltônicos, é claro) o mundo atual vive a Era das Cores. Cada vez mais a condificação industrial é feita em cores e diversas profissões excluem, por razões óbvias, o "deficiente para cores": piloto de aviação civil e militar, cabeamento em telecomunicações, eletrônica e indústria gráfica em geral, artes, indústria química, geologia, arqueologia, decoração e moda.

Dificuldades do dia-a-dia:
Há algumas áreas que apresentam dificuldades para o daltônico. Mapas e a quadros estatísticos com códigos coloridos em suas legendas. LEDs (Light Emitting Diodes), ou as populares "luzinhas" bi ou tri cores nos carregadores de celulares, no painel do rádio, no monitor do computador. A observações do tipo "Olha que linda árvore carregada de cerejas!!" Respondo: "que cerejas?".
A compra de roupas sempre exige uma assessoria para não haver erros graves de combinação e para que não ocorram extravagâncias de cores que parecem bonitas.

O que responde às pessoas que me perguntam como vejo o mundo na minha condição de daltônico? Explico que uma pessoa tem condições de ouvir e apreciar uma música sem conhecer as notas que estão nela. Faço então a seguinte analogia: para mim, o mundo é lindo e também muito colorido, mesmo sem precisar saber o nome de algumas cores que o compõe.

Dr. Edmundo J. Velasco Martinelli - Oftalmologista daltônico
Diretor da Laser Ocular ABC, Professor da Faculdade de De Medicina ABC

Fonte: Revista Merc News, fevereiro 99, edição 44, ano 05, pag 20

Compartilhe

Agende uma consulta.

Qual é o seu convênio:

    Muito bem, nós atendemos o seu convênio médico.

    Quero agendar uma consulta particular:

    Estamos ao
    seu dispor.

    Contate-nos para esclarecer
    suas dúvidas e obter mais
    informações.


    Horário de atendimento:
    8:00 às 19:00

    11 4433-5530